3º Colóquio Internacional FITA: espetáculos do dia 14/06 (último dia)

13/06/2018 16:20

O Príncipe Feliz. Foto Divulgação.

Nesta quinta-feira, 14/06, o 3º Cóloquio Internacioal FITA chega ao seu último dia de apresentações, encerrando a programação das atividades. O espetáculo “O Príncipe Feliz”, da Cia. Libélulas, de Florianópolis, será apresentado às 16 horas, no SESC Prainha. Neste último dia, haverá também a reapresentação do espetáculo “E.N.T.R.E.”, do grupo francês Cie Théâtre d’images, dessa vez no CEART/UDESC, às 20 horas. Ambas as apresentações são gratuitas e abertas à comunidade.

Veja a programação completa do evento, com as atividades formativas, no blog: http://coloquiofita2018.blogspot.com

Espetáculos

“O Príncipe Feliz” – Cia. Libélulas (Florianópolis/SC)
“O Príncipe Feliz”, da Cia. Libélulas, será apresentado no dia 14 de junho, às 16h, no SESC Prainha (Grátis). O espetáculo florianopolitano explora o teatro de sombras, uma das temáticas que norteiam esta edição do Colóquio.

Após a apresentação, a companhia encerrará os Relatos de Experiência, em que o público presente será convidado à uma roda de conversas, com debates acerca do processo criativo do espetáculo.

Sinopse
Do alto da cidade, sobre uma coluna, ergue-se a estátua do Príncipe Feliz. Adornada com folhas de ouro puro e pedras preciosas, a estátua é muito admirada pelos moradores da cidade. Uma noite, uma pequena Andorinha resolve descansar aos pés do Príncipe Feliz, e sente algumas gotas d’água caírem sobre si. Qual é sua surpresa ao ver que as gotas são, na verdade, lágrimas que escorrem do rosto do Príncipe. Mas por que estaria chorando o Príncipe Feliz? Ele lhe explica que é porque, ali do alto, consegue ver toda a feiura e miséria de sua cidade, e impossibilitado de ajudar, não tem escolha a não ser chorar. Então, surge uma ideia: poderia a Andorinha levar as jóias do Príncipe às pessoas pobres da cidade? É esse o início da amizade e do companheirismo entre a pequena Andorinha e o Príncipe Feliz. Uma linda história que fala de fraternidade, de amor ao próximo e, com muito cuidado, da morte.

Ficha Técnica
Direção: Agnaldo Stein, Daniele Viola e Laura W. Gedoz
Duração: 35 min.
Faixa Etária: Livre
Técnica: Sombras

Serviço
O que: Espetáculo “O Príncipe Feliz” – Cia Libélulas
Quando: 14 de Junho, 16h.
Onde: SESC Prainha
Quanto: Grátis

“E.N.T.R.E.”. Foto Divulgação.

“E.N.T.R.E.” – Cie Théâtre d’images (França)

“E.N.T.R.E.”, da Cie Théâtre d’image(s), será reapresentado às 20h, dessa vez no CEART / UDESC (Grátis). O espetáculo francês explora o teatro de sombras, uma das temáticas que norteiam esta edição do Colóquio.

Além das apresentações, a companhia também participará dos Relatos de Experiência, na quinta-feira (14/06), às 09h. A atividade, aberta ao público, será uma oportunidade para conversas acerca do processo criativo do espetáculo e ocorrerá na Sala Goiabeira do Centro de Cultura e Eventos da UFSC (Campus Trindade).

Sinopse
As palavras do ator aparecem tanto quanto uma espuma sonora da imagem, um farfalhar do pincel, como uma primeira tentativa de segurar o eu e o mundo. E.N.T.R.E também relata este “entre-dois” como uma forma da relação com o Outro na constituição de sua relação com o mundo, “entre dois” onde o artista visual existe como um personagem em si mesmo, parteiro dessas imagens-mundos, por vezes origem oculta, objeto do desejo e proibido.

Ficha Técnica
Direção: Jonathan Achille
Duração: 50 min.
Técnica: Sombras e Teatro de Imagens

Serviço
O quê: “E.N.T.R.E.” Cie Théâtre d’image(s)
Quando: 14 de junho, às 20h.
Onde: CEART / UDESC (bairro Itacorubi, Florianópolis-SC)
Quanto: Grátis

Apresentações de Lambe-lambe

“O Ancião” – Tribo Pachorra Teatro Livre
De 11h até 12h – Hall Centro de Cultura e Eventos – UFSC

Outras atividades do dia 14/6

Palestra:
“O Teatro de Sombras”
Prof. Dr. Gilson Moraes (UFRJ)
Mediação: Profª Dr. Rafael Luiz Marques Ary
Local: Sala Goiabeira (Centro de Cultura e Eventos UFSC), às 09h45
Relatos de Experiência:
Local: Sala Goiabeira (Centro de Cultura e Eventos – UFSC)

“E.N.T.R.E.” – Cie Théâtre d’images (França) – 09h
Mediação: Profª Dr. Rafael Luiz Marques Ary

“O Príncipe Feliz” – Cia Libélulas (Florianópolis/SC)
Após a apresentação – 20h40 / SESC Prainha
Mediação: Profª Drª Maria de Fátima de Souza (Sassá) Moretti

Apresentação de Livro e Revista:
Apresentação do livro Teatro Feito a Mão, com Sérgio Tastaldi (Turma do Papum)
Mediação: Profª Dr. Rafael Luiz Marques Ary
Local: Sala Goiabeira (Centro de Cultura e Eventos UFSC), às 10h30

Oficina:

“Objet(ação)! – Interações com objetos para cena”
Sala Pitangueira (Centro de Cultura e Eventos – UFSC), das 8h30 às 12h30
Ministrante: Alex de Souza (IFSC)
Participação mediante inscrições já realizadas*

Sobre o Colóquio FITA

A programação deste 3º Colóquio é composta por espetáculos e um cronograma de atividades formativas, que compreendem palestras, mesas de conversa, sessões de comunicação com publicação de anais e oficinas. O evento é dedicado à área do Teatro de Animação e tem como propósito disseminar as técnicas e pesquisas realizadas na temática, reforçando a discussão e o aprendizado de elementos que compõem o universo desta linguagem teatral.

Nesta terceira edição, o Colóquio adota como proposta temática “O Teatro de Sombras e o Teatro de Objetos” e tem como foco potencializar o espaço de troca de conhecimentos, proporcionando o intercâmbio entre artistas, pesquisadores, comunidade acadêmica e comunidade em geral.

O Colóquio Internacional nasceu a partir do FITA – Festival Internacional de Teatro de Animação. Com onze edições realizadas, o FITA foi idealizado para que o público catarinense pudesse prestigiar espetáculos de formas animadas e, ao mesmo tempo, para atender aos anseios dos grupos teatrais, pesquisadores e estudantes, propiciando a eles um espaço de formação e visibilidade.  A 12ª edição do Festival não acontecerá em junho deste ano, como previsto no cronograma de execução, mas a coordenação do evento segue na busca de recursos financeiros que possam viabilizá-lo para o segundo semestre deste ano.

O Colóquio tem coordenação geral de Maria de Fátima de Souza Moretti (Sassá Moretti) do Departamento de Artes/CCE/UFSC, coordenação executiva de Zélia Sabino do Departamento Artístico Cultural/SeCArte/UFSC e produção executiva de Gustavo Bieberbach, doutorando do CCE/UFSC.

Paulo Marcos de Assis / Estagiário de Jornalismo / DAC / SeCArte / UFSC, com informações da coordenação e do blog do evento

.