Encontro entre professores indígenas e não indígenas acontecerá dia 24 de maio no Museu de Arqueologia e Etnologia da UFSC

15/05/2018 15:44

Dia 24 de maio ocorrerá um encontro entre professores indígenas e não indígenas para ampliar o olhar sobre a história e a cultura dos povos originários do Brasil na UFSC.

Muitas vezes ao se abordar a temática em sala de aula, “o indígena” é retratado como se fosse um só. Todavia, hoje vivem em nosso país  aproximadamente 300 povos, falantes de mais de 200 línguas.

No evento, o objetivo é que se fale dessa diversidade de culturas e línguas indígenas do Brasil, e que se apresente a oportunidade de diálogo entre as comunidades escolares. Para  então, refletir conjuntamente desafios, esclarecer dúvidas e enriquecer repertórios, a partir da experiência e do olhar dos protagonistas dessa história.

A conversa com professores Guarani, Kaingang e Xokleng vai trazer à tona a significativa pluralidade dos povos indígenas do nosso país e debater especificidades de suas histórias, culturas e línguas.

Será uma oportunidade de diálogo entre as comunidades escolares para que juntos, possam refletir sobre a situação dos diversos povos indígenas e de suas culturas em nosso país, expondo as dificuldades enfrentadas por eles e buscando conhecimento para resolvê-las.

O evento contará com o apoio da exposição intitulada Tecendo Saberes pelos Caminhos Guarani, Kaingang  e Laklãnõ-Xokleng.

 

 

Serviço
Local: Marque – Museu de Arqueologia e Etnologia da UFSC
Colaboração espontânea: doações de roupas e cobertores
Vagas: limitadas
Inscrições no site do Museu – http://museu.ufsc.br/encontro-professores