Experimenta apresenta o espetáculo ‘Romeu e Julieta – Shakespeare para todos’, no Teatro da UFSC, com a Elefants Companhia de Teatro, dia 10/11

09/11/2017 17:30

Cena de Romeu e Julieta. Foto Dayane Ros

O Teatro da UFSC recebe nesta sexta-feira, dia 10 de novembro, às 20 horas, a adaptação do espetáculo “Romeu e Julieta”, do dramaturgo inglês William Shakespeare. A adaptação da peça conta a história dos amantes por meio da narração de Frei Lourenço, que conversa com o público e com os personagens. Por se tratar de uma linguagem de palhaços, as cenas são todas permeadas por jogos e brincadeiras.

Esta apresentação da peça na Universidade faz parte da programação do projeto Experimenta, realização da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC. A entrada é gratuita e aberta à comunidade. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria do teatro, que abre uma hora antes do início do espetáculo.

Sobre a peça

Em homenagem a Shakespeare, autor de 37 peças e traduzido em mais de 80 idiomas, o Elefants escolheu realizar uma encenação diferente de Romeu e Julieta, um de seus textos dramáticos mais conhecidos e encenados no mundo.

A montagem conserva a essência do texto original, com fragmentos literais da obra e também por meio de elementos visuais, como figurinos, luz e uso de elementos como fumaça, bolhas de sabão e líquidos coloridos. A direção de arte optou pela ausência de cenário, levando o foco aos personagens. Características das vestimentas do século XVI foram mantidas, porém com detalhes que fazem conexão com moda juvenil atual. Há apenas um elemento cênico, uma bancada que ambienta o Frei Lourenço em seu mundo de alquimia e torna compreensível a ideia de que as cenas são memórias deste narrador.

Em 2016, a peça Romeu e Julieta – Shakespeare para todos foi selecionada para integrar o projeto Global Shakespeares do MIT (Massachusetts Institute of Technology), Universidade dos Estados Unidos. O projeto consiste em uma plataforma que disponibiliza vídeos e textos de montagens teatrais originais de peças de William Shakespeare encenadas no mundo. Assim, a adaptação da Elefants Companhia de Teatro passa a figurar entre 450 vídeos de montagens do mundo todo, das quais, apenas 31 são brasileiras.

Sinopse

Cena de Romeu e Julieta. Foto Dayane Ros

Duas famílias tradicionais de Verona, na Itália, os Montéquio e os Capuleto, cultivam uma terrível inimizade há muitos anos. Romeu e Julieta, filhos únicos destes poderosos clãs, se conhecem em uma festa promovida pelo pai de Julieta e, ao dançarem uma coreografia singela e cativante, apaixonam-se. No entanto, eles logo descobrem que pertencem àquelas famílias que tanto se odeiam; resistem, mas não desistem de ficar juntos. Um dia após o baile, os dois, com o auxílio do Frei Lourenço – que pertence ao círculo de amizades do jovem Romeu –, casam-se em segredo. Neste mesmo dia, Romeu se envolve, por acaso, em uma briga com o primo de Julieta, Teobaldo. A princípio, o Montéquio não aceita as provocações, mas seu grande amigo Mercúcio decide confrontar o adversário e é morto por ele. Romeu, revoltado e tomado pelo ódio, mata Teobaldo num ímpeto de vingança.

Após esse episódio, o príncipe de Verona manda Romeu ser exilado da cidade. O velho Capuleto, sem saber da união de sua filha com o inimigo, arranja o casamento dela com um jovem chamado Páris. Para ajudar a menina, o Frei arma um plano: pouco antes da cerimônia, Julieta deveria ingerir uma poção elaborada por ele que a faria parecer morta. Romeu seria avisado e retornaria para retirá-la do jazigo dos Capuleto assim que ela despertasse, para que pudessem ficar finalmente juntos. Porém, Romeu não é avisado a tempo dos planos do Frei e também acredita que Julieta está morta. Desesperado, ele adquire uma poção venenosa e, na sepultura onde se encontra a amada, ingere o conteúdo do frasco e morre junto à Julieta. A jovem, ao acordar, dá-se conta do que aconteceu e se mata com o punhal de Romeu.

Nesta adaptação do clássico do dramaturgo inglês William Shakespeare, a história dos amantes é narrada pelo Frei Lourenço, que conversa com o público e com os personagens (Romeu, Julieta e sua Ama), fazendo uma ponte entre os dois. Os personagens principais comunicam-se em alguns momentos através de uma língua criada exclusivamente para o espetáculo: o “palhacês”, ao estilo da “língua do pê”. Por se tratar de uma linguagem clown, de palhaços, as cenas da peça são todas permeadas por jogos e brincadeiras, muitas vezes de interação com o público. A montagem conserva a essência do texto original, com fragmentos literais da obra e também por meio de elementos visuais, como figurinos, luz e uso de elementos como fumaça, bolhas de sabão e líquidos coloridos.

O grupo

Cena de Romeu e Julieta. Foto Larissa Nowak

A Elefants Companhia de Teatro é um grupo de Florianópolis constituído por artistas com experiência em atuação, direção, iluminação e dança. O coletivo, além de peças teatrais, oferece oficinas de teatro, concepção e confecção de figurino e cenário.

Ficha Técnica

Direção: Márcio Cabral
Atores/Alunos: Lorenzo Lombardi, Marina Bento, Paula Scheidt  e Willian Mario
Técnicos: Gabriel Guedert (luz) e Gabriel Guaraciaba (som)
Duração: 60 minutos
Faixa etária: Acima de 6 anos

Projeto Experimenta

O Experimenta retorna à cena da UFSC de 06 a 10 de novembro. O evento que incentiva as variadas formas de arte dentro do meio universitário oferece uma semana repleta de atrações de teatro, dança, cinema, música, exposições, performances e workshops.

Em sua segunda edição, o Experimenta traz mais de 18 atrações gratuitas que serão apresentadas em diversos espaços da UFSC Campus Florianópolis e Blumenau. A programação foi concebida de forma conjunta entre Secretaria de Cultura e Arte da UFSC, com os cursos de Artes Cênicas, Cinema, Museu Universitário e Centro de Desportos, além da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Realizado pela Secretaria de Cultura e Arte da UFSC o Experimenta visa divulgar a produção cultural concebida na UFSC, baseada na pesquisa em arte, através das expressões artísticas, propiciar o acesso a diferentes linguagens e espaços culturais, bem como a formação de um público interno e externo à Universidade.

Para a Prof.ª Maria de Lourdes Alves Borges, Secretária de Cultura e Arte da UFSC, “num momento em que as expressões artísticas estão sendo atacadas e censuradas, num momento em que não podemos mais dizer que vivemos num pleno Estado de Direito, fazer ARTE É RESISTIR. Que a arte seja a nossa forma de protesto!”.

Confira a programação completa do Experimenta aqui

Serviço:

O quê: Espetáculo teatral “Romeu e Julieta – Shakespeare para todos”
Onde: Teatro da UFSC, ao lado da Igrejinha, Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis(SC).
Quando: Dia 10 de novembro de 2017, sexta-feira, às 20 horas.
Quanto: Gratuito e aberto à comunidade. O Teatro abre uma hora antes do início do espetáculo para retirada dos ingressos, sendo a disponibilidade conforme a capacidade de lugares no teatro (108 pessoas).
Classificação: A partir de 6 anos
Duração: 60 minutos.

Contato Experimenta: UFSC Florianópolis: SeCArte: www.secarte.ufsc.br | Evento no Facebook – Tel. (48) 3721-2376
Grupo Elefants: www.elefants.org
Departamento Artístico Cultural (DAC)/Teatro da UFSC: www.dac.ufsc.br –  (48) 3721-3853

Paulo Marcos de Assis/Estagiário de Jornalismo/DAC/SeCArte/UFSC, com textos e fotos do grupo e texto institucional.