Projeto 12:30 recebe a banda O Buraco de Minhoca, nesta quarta-feira, 12 de abril

10/04/2017 15:00

Formada por Cecia Lara (vocal), Jonas Benedet (baixo, violões, teclado e vocal) e Luis Guilherme (guitarra, violões e vocal) a banda apresenta um repertório musical autoral. O show é gratuito e aberto à comunidade e será realizado às 12h30min., em palco montado ao lado do Centro de Cultura e Eventos da UFSC, em Florianópolis.

O Grupo

Buracos de Minhoca (Wormholes) são atalhos hipotéticos pelo espaço-tempo, também conhecidos como Pontes de Einstein-Rosen, assim chamados em homenagem a Albert Einstein e Nathan Rosen, que os previram em 1935. Através deles estaria a possibilidade da viagem no tempo…

O Buraco de Minhoca surgiu no final de 2015, numa parceria entre os amigos Jonas Benedet, Cécia Lara e Luis Guilherme.

As escolas musicais dos integrantes variam, mas as afinidades entre os mesmos são muitas. Pelo conteúdo essencialmente experimental e pela forte influência do rock progressivo e psicodélico, se fosse possível sintetizar toda a influência do Grupo em uma única banda de referência, essa banda seria Os Mutantes.

As letras, em geral, buscam uma reflexão de ordem existencial.

Cécia, com sua voz, desenvoltura e expressão corporal expressivos, confere uma veia teatral ao Grupo, além de contribuir nas composições.

Jonas, baixista de origem e multi-instrumentista de natureza, traz um toque mutante às vozes das canções e, ao mesmo tempo, cria uma atmosfera quântica nos arranjos instrumentais.

Luis Guilherme, por sua vez, lança ideias criadas basicamente no violão, a partir das quais é germinado aquilo que pode se chamar de Música.

O Buraco de Minhoca tem se apresentado em eventos que valorizam a cultura e a arte, em especial, saraus. Suas músicas apresentam um teor de poesia numa atmosfera lúdica, o que tem repercutido numa boa aceitação para um público de todas as idades.

Não há uma regra para o processo de composição. Algumas músicas remetem ao rock progressivo, psicodélico, MPB e até mesmo, música infantil. Algumas vezes as letras são em inglês, mas na maioria, em português.

Atualmente a banda possui um repertório de 10 músicas; outras encontram-se em processo de composição.

Projeto 12:30

Realizado pelo Departamento Artístico Cultural (DAC), da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) o Projeto 12:30 apresenta atrações culturais gratuitas, como música, dança e teatro, às quartas-feiras (no período letivo), no Campus da UFSC, na Trindade. Neste ano, o projeto deverá continuar quinzenalmente.

Artistas e grupos interessados em se apresentar no projeto, dentro do campus da UFSC, em Florianópolis, devem entrar em contato com o DAC através dos telefones (48) 3721-9447 / 3721-3853 ou por e-mail, enviando mensagem para .

SERVIÇO:

O QUÊ: Show da banda O Buraco de Minhoca, no Projeto 12:30
QUANDO: 12 de abril de 2017, quarta-feira, às 12h30min.
ONDE: Projeto 12:30, ao lado do Centro de Cultura e Eventos, Praça da Cidadania, Campus da UFSC, Trindade, Florianópolis.
QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade.
CONTATO: Projeto 12:30 – Departamento Artístico Cultural (DAC) / Igrejinha da UFSC, Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC (48) 3721-2497, 3721-9447 ou 3721-3853 – www.dac.ufsc.br

 Mídia Social:

Facebook

Instagram

Youtube

[CW] DAC:SeCArte:UFSC, com texto fornecido pelo grupo.

Os Músicos

Cécia Lara Mancilla Rodrigues

Cecia Lara, vocalista do Buraco de Minhoca, sempre percorreu a música e o teatro, lado a lado. Ainda na adolescência, fez seu primeiro curso de teatro com os Menestréis de Osvaldo Montenegro.

Fazendo teatro e canto na escola, anos mais tarde formou sua primeira banda de rock/pop, a Contraste, onde tocava nos barzinhos de Pinheiros e Vila Madalena, na cidade de São Paulo.

Na sequência integrou a companhia de teatro Grupo Caldeirão, onde participou de apresentações no SESC Pinheiros, Museu do Parque Ibirapuera, entre outros. No último ano que integrou o grupo, passou 2 meses na Índia, através de um intercâmbio cultural, apresentando peças em português e inglês.

Já em Santa Catarina, integrou o grupo de coral Geravida Encanto com o Maestro Robson, e participou durante os anos seguintes dos Festivais de Música do SESI, conseguindo inclusive passar para a etapa estadual em uma de suas apresentações.

Mais recentemente, até 2015, integrou a banda Blue Ocean de rock cover, com a qual se apresentou em diversos locais, dentre bares e casas de apresentação, em Florianópolis e Pallhoça.

Desde 2015 integra a banda O Buraco de Minhoca.

 

Jonas Marcel Benedet dos Santos

Nascido em Chapecó, Jonas sempre esteve no cenário musical tocando em bandas que tinham o propósito de fazer música própria no início dos anos 2000.

Sua primeira banda, Os Bauretes, gravou um CD e costumava se apresentar na região oeste de Santa Catarina, tocando canções próprias e rock and roll dos anos 50, 60 e 70, incluindo cover de bandas nacionais como Os Mutantes, Made in Brasil e Casa das Máquinas. Com os Bauretes, Jonas participou de dois festivais da canção promovidos pelo SESC Santa Catarina, nos quais tiveram a oportunidade de chegar às finais.

Sua segunda banda de maior expressão foi o Clã Camaleão, grupo que mesclava apresentações cênicas com música própria. Os espetáculos traziam uma apresentação teatral cuja sonoplastia era realizada, ao vivo, pela banda. O Clã Camaleão ficou em segundo lugar em um festival da canção promovida pelo município de Concórdia, em 2013. O grupo mantém fanpage no facebook onde um material audiovisual encontra-se disponível.

Em 2015 mudou-se para Florianópolis e passou a integrar O Buraco de Minhoca, onde toca violão, contrabaixo, teclado e faz o backing vocal.

Luis Guilherme de Oliveira Miranda (Jesus)

Luis Guilherme, conhecido por Jesus (leia Dgízus), é músico autodidata e aprendeu a tocar violão aos treze anos de idade com sua mãe, também autodidata.

Fã de Pink Floyd, desde então se aventura criando melodias no violão.

Em 2007, resolveu se arriscar um pouco mais e convidou alguns amigos para formar a banda Os Quantos.

No final desse mesmo ano, Os Quantos apresentaram sua primeira composição autoral no Festival Garagem, organizado pela UNISUL. A música escolhida foi um rock progressivo instrumental chamado Navegando na Magia do Som.

Os Quantos tiveram uma trajetória muito feliz e registraram 6 músicas autorais em estúdio durante os quase dois anos de banda.

Com o final da banda em 2008, Jesus continuou compondo, no violão, músicas que pediam arranjos em formato de banda. Nesse meio tempo, participou de um projeto cover com colegas de trabalho; era o Rock na Firma.

O Rock na Firma fez sua primeira apresentação em 2010, no café da Escola de Música Rafael Bastos – EMRB, cantando clássicos como Hey Jude (Beatles) e Wish You Were Here (Pink Floyd).

No final de 2015, em outro momento de Vida, Jesus se animou novamente em procurar parceiros para realizar um Grande Sonho: criar uma obra musical autoral temática, transmitindo uma mensagem de Paz e Amor Universal.

Conhecia Jonas e Cécia do próprio ambiente de trabalho e, juntos, formaram O Buraco de Minhoca.

 

Apresentações/Currículo:

  • IV Sarau do Mario – realizado no dia 14/05/2016, na Creperia La Guirlanda, em Florianópolis-SC.
  • 1º Concurso “Encontro de Poesias” – organizado pelo Grupo de Poetas da Trindade – GPT, em 21/05/2016, na Sala de Cinema do CIC, em Florianópolis-SC.
  • 1º Concurso “Encontro de Poesias” – organizado pelo Grupo de Poetas da Trindade – GPT, em 09/07/2016, na Sala de Cinema do CIC, em Florianópolis-SC.
  • 1º Concurso “Encontro de Poesias” – organizado pelo Grupo de Poetas da Trindade – GPT, em 10/09/2016, na Sala de Cinema do CIC, em Florianópolis-SC.
  • Final do 1º Concurso “Encontro de Poesias” – organizado pelo Grupo de Poetas da Trindade – GPT, em 10/12/2016, na Sala de Cinema do CIC, em Florianópolis-SC.
  • Lançamento do Clip “Aqui em Marte” nas Redes Sociais do Grupo, em 25/01/2017, com ilustrações em Aquarela preparadas pela Artista Yris Tanaka.
  • E Vento Outono – Realizado em 24/03/2017, o evento prestigiou a entrada do Outono com música, dança, poesia, culinária e amizade.
  • Sarau Casa das Artes – Homenagem ao Mês da Mulher – Realizado no dia 25/03/2017, em São Pedro de Alcântara-SC, em parceria com o Grupo de Poetas da Trindade – GPT.